Gandú

Produtores do país participam de Simpósio sobre Cacauicultura

Fortalecer a produtividade na lavoura cacaueira foi o foco do encontrou, que contou com palestras e visitas técnicas

Santo Antônio de Jesus - Para adquirirem mais conhecimento, produtores de cacau do Recôncavo Baiano, Vale do Jiquiriçá e Costa do Dendê saíram em caravanas para participar do I Simpósio da Cacauicultura Baiana, realizado no Ginásio de Esportes do município de Gandú, nos dias 12 e 13 de agosto. O evento apresentou o tema através de palestras e visitas técnicas, ligadas à aumento de produtividade na lavoura e rentabilidade do agricultor.

Para a produtora Lúcia Moura da Silva, da comunidade do Fojo, zona Rural de Mutuipe, o Simpósio foi uma grande experiência e oportunidade de interagir mais sobre o cacau. “Nossa modalidade hoje está diferente da época dos nossos pais. Acredito que a partir de agora nossa produção e a forma de trabalhar vai mudar, pois nós trabalhávamos muito e ganhávamos pouco. Temos ao nosso lado como aliado o Sebrae, que ajuda com as capacitações”, destacou.

Durante o primeiro dia de palestras foram abordados temas relacionados à Genética e Sistema de Produção; Boas Práticas Agrícolas na Atividade Produtiva; Rastreabilidade e Certificação; Qualidade na Produção; Expectativa de Mercado; Governança e Gestão e Produtividade.

De acordo com a presidente da Cooperativa Agrícola Gandu (COOPAG) e realizadora do evento, Ana Paula Souza, o encontro superou as expectativas. “Esperávamos cerca de 500 produtores e tivemos mais de 800 pessoas. Nossa proposta foi trazer a integração dos produtores, promover educação e conhecer novas realidades”, revelou. A presidente frisou ainda o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Sebrae na fruticultura da região.

Também atuou como apoiadora do evento a Nestlé, representada pelo gerente agrícola da divisão técnica de agricultura, Guilherme Junqueira. “Estamos reunidos com o mesmo objetivo, que é fortalecer a cadeia produtiva do cacau na Bahia, mais especificamente nessa região. Através deste conhecimento adquirido eles irão produzir ainda mais amêndoas de melhor qualidade”, finalizou.

No segundo dia do evento foram realizadas visitas técnicas simultâneas às fazendas Alto da Prata, Água Vermelha e Fazenda Petrolina, para que os produtores pudessem tirar dúvidas e conhecer na prática técnicas de nutrição, manejo, sombreamento, colheita, fermentação, secagem e armazenamento, cacau a pleno sol, beneficiamento e diversificação.

“Nossa missão é trazer o desenvolvimento e apoiar os produtores através de um conjunto de ações das soluções do Sebrae Mais, com cursos e capacitações, e o Sebraetec, com tecnologia voltada para inovar no campo”, afirmou o gerente regional do Sebrae Santo Antônio de Jesus, Carlos Henrique Oliveira.

O I Simpósio da Cacauicultura Baiana foi realizado pela COOPAG, com o apoio do Sebrae, Sistema FAEB/SENAR, Sindicato Rural de Gandu, Nestlé, Sicoob, entre outras entidades, e organizado pelo Instituto Ampliê, de Linhares, Espírito Santo.

Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4558 / 3042-3880 / 9222-1612 / 8263-0835
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia

Tags: inovação, Cacau, capacitação