Conhecimento

Startup de tecnologia explica desenvolvimento do aplicativo da Semana Sebrae

Designers e desenvolvedores foram alguns dos profissionais envolvidos na criação da ferramenta

Equipe da República Interativa, que desenvolveu aplicativo para fazer perguntas aos palestrantesSalvador - A equipe da República Interativa, parceira do Sebrae, explicou na última sexta-feira, 2, no espaço Startup Bahia, localizado no Lounge Empresarial, no Fiesta Convention Center, como foi o processo de criação do aplicativo da Semana Sebrae de Capacitação Empresarial.

Lançado há pouco mais de duas semanas, o aplicativo é voltado para smartphones com os sistemas android e IOs, está disponível para download gratuito. Os participantes que utilizaram a ferramenta tiveram acesso à programação completa do evento, incluindo o Lounge Empresarial, inscrições realizadas, currículo dos principais palestrantes, galeria de fotos, agenda de favoritos e bloco de anotações. O aplicativo segue bem avaliado pelos usuários, com a média de 4.9 estrelas do total de 5.0.

Donjorge Almeida e Marcelo Seixas, integrantes da Republica Interativa, explicaram as fases para criação de um aplicativo, que é realizado coletivamente por profissionais de várias áreas, como gestor de projetos, designers, desenvolvedores e programadores. Segundo os palestrantes, o processo, que vai da ideia de criação até a publicação da ferramenta para download, ocorre em seis fases: ideia, wireframes (o esqueleto de aplicativo), prototipação, desenvolvimento, testes e publicação.

As fases de wireframes e prototipação, segundo Seixas, são as mais importantes na criação da ferramenta. Ele explica que após a ideia, é hora de organizar a disposição das informações e o que será exibido em cada tela (fase de wireframes). Já na fase de prototipação a estrutura arquitetada anteriormente fanha vida, conforme detalhou Seixas, ressaltando ainda que a ideia do protótipo é mostrar como será o aplicativo e testar sua usabilidade.

Projeto Startup Bahia

À frente do espaço no Lounge e responsável pelo Projeto Startup Bahia no Sebrae, o técnico da instituição José Soares destacou a importância da participação da Republica Interativa e outras empresas que compõe o ecossistema baiano de startups. “Esse é um espaço de encontro, mas sem um formato rígido de capacitações”, disse Soares, ao descrever o ambiente, que durante a Virada Empresarial, também teve exposição de startups, Meetup, JamTech, palestra sobre educação empreendedora e batalha pitchs e muito networking! “O evento cumpriu a expectativa e pôde mostrar que aqui existe uma comunidade de startups”, completou.

O técnico também comemorou o primeiro ano do Projeto Startup Bahia, lançado em 21 de agosto de 2015, durante evento no Parque Tecnológico da Bahia, em Salvador. “A iniciativa foi criada para estimular o desenvolvimento das startups, como são conhecidas as empresas em fase inicial de operação, que têm vivido, no mundo inteiro, um boom na área tecnológica. A proposta é apoiar o desenvolvimento dessas novas empresas, desde a ideia inicial até quem já precisa acelerar o processo de crescimento”, contou Soares.

Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4558 / 3444-6811 / 99222-1612 / 98263-0835
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia

 

Tags: startup, tecnologia, Semana de Capacitação