Reconhecimento

Município de Lauro de Freitas, na Bahia, leva o Prêmio Prefeito Empreendedor

A prefeita Moema Gramacho foi a primeira colocada na disputa que envolveu 12 prefeitos baianos; prêmio foi entregue em cerimônia realizada na noite de quinta-feira (29)

Salvador - Sob aplausos da platéia, a prefeita Moema Gramacho, do município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, subiu ao palco para receber o prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 das mãos do secretário de Indústria, Comércio e Mineração do Estado da Bahia, James Correia.

Por suas ações em prol dos micro e pequenos negócios da cidade, Moema Gramacho conquistou o primeiro lugar de uma disputa que envolveu 12 prefeitos baianos. A solenidade de premiação aconteceu na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador, na noite de quinta-feira (29).

No discurso de agradecimento, Moema Gramacho destacou o suporte do Sebrae às ações da prefeitura para fomentar e fortalecer os micro e pequenos negócios. “É preciso dar oportunidade para essas empresas mostrarem o que tem a oferecer”, disse. De acordo com a prefeita, em dois anos foram registradas mais de 400 micro e pequenas empresas em Lauro de Freitas. “Não queremos só atrair e estimular o surgimento de empresas. Queremos também dar o apoio necessário para que elas possam se manter no mercado e se fortalecer”, apontou Moema.

Lauro de Freitas é um dos 21 municípios baianos que regulamentaram a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, o que facilitou e estimulou o surgimento de novos empreendimentos. “Precisamos continuar o nosso trabalho, utilizando as ferramentas necessárias para dar o espaço às micro e pequenas empresas responsáveis pela geração de emprego e renda nos municípios baianos”, concluiu a prefeita.

O superintendente do Sebrae Bahia, Edival Passos, entregou ao prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro, o prêmio de segundo colocado. O prefeito dedicou o prêmio aos funcionários da Superintendência de Controle e Ordenamento do Solo (Sucom), que vem atuando de maneira pró-ativa na legalização de empreendimentos em diversos bairros da capital. “Temos que oferecer às pessoas formas facilitadas de desenvolver o seu negócio de forma legal. Por isso, técnicos da Sucom estão realizando visitas em estabelecimentos e fechando parcerias com lan houses dos bairros para facilitar o acesso do cidadão ao órgão através da internet”.

Em terceiro lugar, na disputa, ficou o prefeito Humberto Santa Cruz Filho, do município de Luiz Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia. Ele recebeu o troféu das mãos do superintendente da Caixa Econômica Federal, Aristóteles Alves de Menezes, e também destacou o apoio do Sebrae nas ações voltadas para o desenvolvimento do empreendedorismo na cidade. “O prêmio é um estímulo para continuarmos fortalecendo essa parceria em prol dos micro e pequenos negócios”.

Foram premiados ainda três destaques temáticos. O deputado Álvaro Gomes, presidente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa na Assembléia Legislativa, fez a entrega dos prêmios. O prefeito João Henrique Carneiro foi premiado nas categorias Desburocratização e Formalização de Empreendimentos, respectivamente, com os projetos Sucom Com Você e Salvador Legal.

Na categoria Implantação da Lei Geral, o prêmio foi para o prefeito Paulo Machado, do município de Senhor do Bonfim. Por fim, na categoria Médias e Grandes Cidades a premiada foi a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho.

Estavam na disputa, além dos premiados, os seguintes prefeitos baianos: Arthur Silva Filho, do município de Barra; Claudinei Xavier, de Capela do Alto Alegre; Tarcísio Pimenta Junior, de Feira de Santana; Deraldino Alves, de Ipiaú; Cecília de Carvalho, de Itiúba; Antônio Ferreira, de Jaguarari; Euvaldo Rosa, de Santo Antônio de Jesus; e Luiz Caetano, de Camaçari, que foi o grande vencedor da última edição. Todos os 12 prefeitos finalistas receberam um certificado pela sua participação no prêmio.

O prêmio Prefeito Empreendedor é uma iniciativa do Sebrae Nacional e tem como objetivo reconhecer ações que tenham gerado resultados concretos para as micro e pequenas empresas dos municípios brasileiros. Nesta sexta edição, o prêmio tem foco na regulamentação e a implantação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas nos municípios. Na disputa, estão prefeituras e administrações regionais do Distrito Federal.

Agora, os prefeitos encaram a disputa nacional. Os vencedores da final receberão um troféu, um certificado e terão oportunidade de realizar uma viagem técnica internacional. Os projetos finalistas que obtiverem 50% ou mais da pontuação total máxima receberão o 'Selo do Prefeito Empreendedor'.

O superintendente Edival Passos reforçou a importância da participação dos prefeitos na luta pelo desenvolvimento dos micro e pequenos negócios de seus municípios. “É preciso trabalhar com a idéia de que sozinho as chances de crescer são muito menores. É fundamental disseminarmos as culturas de cooperação, do associativismo, as idéias de centrais de negócios e centrais de compras e utilizarmos todas as ferramentas que estão ao nosso dispor para desenvolver os micro e pequenos negócios”.

Serviço:

Sebrae na Bahia - (71) 3320-4404