Caged

MPE baianas geram mais de 2,8 mil empregos em outubro

Resultado coloca a Bahia como o terceiro estado no Nordeste no ranking de criação de postos de trabalho por pequenos negócios

As micro e pequenas empresas (MPE) baianas geraram, no mês de outubro, 2.865 empregos com carteira assinada. Os dados estão no último relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. 

Com o resultado, a Bahia ocupa o 3º lugar no Nordeste no ranking de criação de postos de trabalho por pequenos negócios em outubro. Em primeiro está o estado de Pernambuco (4.012), seguido pelo Maranhão (2.867).

Na Bahia, os setores que mais geraram emprego no período foram comércio (995), serviços (942) e construção (660). De janeiro a outubro, as MPE baiana somaram a criação de 30.170 novas vagas com carteira assinada.

Brasil

No cenário nacional, foram criados, em outubro, um total de 73.398 empregos pelas micro e pequenas empresas. O estado com o maior número de postos criados foi São Paulo (13,1 mil). De janeiro a outubro, as MPE no Brasil foram responsáveis pela geração de 752.402 empregos.

Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4557 /4558
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia