Panificação

Melhoria do serviço de delivery é tema de encontro online com empresários do segmento de panificação

O Lab Sebrae atendeu a 15 empresas dos municípios de Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Itabuna e Jacobina

Na última quinta-feira (18), 15 empresas do segmento de panificação, localizadas nos municípios de Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Itabuna e Jacobina, participaram da oficina Lab Sebrae com o tema (RE)Estruturando Meu Delivery. A solução, desenvolvida pelo Sebrae Bahia através da Unidade de Atendimento Individual, contou com a parceria da Unidade de Atendimento Coletivo e do Sebrae em Santo Antônio de Jesus para a realização da turma piloto no ambiente on-line.

A proposta do Lab Sebrae prioriza a prática construída em níveis e, dessa forma, busca alinhar estratégia, validação e resultados através da aprendizagem por desafios.

“O Lab Sebrae nasceu de uma inquietude de observar que poderíamos entregar soluções mais práticas e de maior aplicabilidade. No presencial, a aceitação foi positiva. Já estava prevista uma versão online, mas a pandemia acelerou esse processo. Com isso, tivemos o desafio de adaptar a oficina presencial para uma abordagem digital, que tem suas particularidades, mas a gente conseguiu manter no online a essência da prática”, ressalta a analista da Unidade de Atendimento Individual, Rosângela Gonçalves.

Com o suporte de um consultor, os empresários saem do questionamento, importante para a compreensão da teoria, e partem para a prática em busca de uma entrega palpável e relacionada às situações vivenciadas em sua empresa.

“Essa oficina tem o princípio de provocar, no sentido de construção e desenvolvimento de atitudes efetivas. Os resultados podem precisar de ajustes ou não por terem sido elaborados a partir de questões práticas específicas de cada negócio, cada empresário” avalia o consultor responsável pela aplicação da metodologia, Emerson Amaral, da Ideal Consultoria.

Segundo o gerente Sebrae em Santo Antônio de Jesus, Carlos Henrique Oliveira, a realização da oficina foi uma experiência valiosa para o empreendedor. “De forma prática, rápida e sem precisar sair de casa, o participante desenvolveu várias possibilidades de melhorar a sua empresa, tendo em vista a responsabilidade com o serviço oferecido e a melhoria dos lucros”.

Segmento

No mercado de Cruz das Almas há 25 anos, o empresário Gustavo Andrade precisou implantar o sistema de delivery da Panificadora Casa do Pão, assim que foi decretado o fechamento parcial do comércio por causa da pandemia do novo coronavírus. A medida foi a forma encontrada por ele para atender os clientes que estavam em isolamento social, e também, para manter as vendas.

Para Gustavo, o laboratório foi um momento de muito aprendizado, trocas e de revisão de algumas práticas. Ele demonstra que o conhecimento adquirido ainda está “fresco na memória” e que foi de fácil associação à realidade da sua empresa.

O empresário destaca que adotará as dicas para ampliar as ferramentas de gerenciamento do delivery, oferecer outras opções de atendimento ao cliente, como drive-thru, entrega de bicicleta e de vizinhança - que pode ser feita a pé por um funcionário. Assim como se atentou para o uso de checklist – para minimizar os erros na entrega –, a diversificação da forma de pagamento, disponibilização de cardápio e cuidado com a embalagem para garantir que o produto chegue até o cliente final, como eles veem nas fotos das redes sociais da empresa.

O analista da unidade de atendimento coletivo, Edicarlos Moreira explica que o segmento de panificação foi escolhido por já existir um projeto de atendimento coletivo desse grupo de empresários, há cinco anos. “A aplicação foi um sucesso, sempre focamos em temas relevantes e, dessa vez, foi o delivery voltado para os pequenos negócios do setor de panificação, pela necessidade deles se adaptarem a essa nova lógica de consumo via aplicativo e rede social”, conclui.