Economia Criativa

Inscrições abertas para o Mapeamento Sebrae de Economia Criativa do Nordeste

Radiografia do setor vai apoiar microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte que usam a criatividade como matéria-prima nos seus empreendimentos

Para estimular a economia criativa nordestina e apoiar soluções inovadoras para o setor, o Sebrae lança o Mapeamento Sebrae de Economia Criativa do Nordeste. O projeto vai mapear e impulsionar o potencial de negócios de inovação que utilizam a criatividade como ferramenta, meio, produto ou matéria-prima para suas soluções. A iniciativa é realizada pelo Sebrae, em parceria com o Impacta Nordeste e busca e seleção da Pipe.Social. As inscrições são gratuitas e estão abertas até 8 de outubro no site https://impactanordeste.com.br/economiacriativa/

A chamada é voltada para microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte. Valem negócios da economia criativa em diversos segmentos, desde o consumo (Publicidade, Marketing Arquitetura, Design e Moda), passando pela cultura (Expressões Culturais, Patrimônio e Artes, Música, Artes Visuais e Artes Cênica), mídias (Editorial,Games e Audiovisual) até tecnologia (P&D, Biotecnologia e TIC).

Além de participar da radiografia do setor, os participantes vão concorrer a premiação em dinheiro, capacitação de 20h e conexão na rede de economia criativa do Sebrae. Serão até oito negócios para a etapa final, mas somente quatro deles serão os grandes vencedores a receber o prêmio de R$ 2 mil reais, por negócio, em cada uma das categorias da economia criativa: Consumo, Cultura, Mídias e Tecnologia.

A chamada vai apoiar projetos de inovação em empreendimentos de economia criativa em todo o Nordeste. “O mapeamento é um importante passo para entendermos melhor o panorama da economia criativa na região. Com esses dados, será possível desenvolver outras iniciativas para fomentar os criativos do nordeste e ajudar a fomentar esse ecossistema”, Marcello Santo, CEO do Impacta Nordeste.

A gerente adjunta da Unidade de Atendimento Coletivo do Sebrae Bahia, Nancy Nascimento, reforça que o mapeamento é a base para entender o setor e, assim, desenvolver ações focadas nesses empreendimentos. “É importante identificar quem é o público, quem está trabalhando, desenvolvendo produtos e ferramentas ou qualquer matéria-prima ligada a esses segmentos criativos. A partir daí, podemos desenvolver ações que podem ser úteis para esse público”.

Nancy acredita ainda que os resultados do estudo podem ser de grande utilidade também par ao poder público, de forma a atender o setor e impulsionar ações que promovam o desenvolvimento econômico da região Nordeste. “Essa ação foi pensada antes da pandemia, mas agora vemos, mais do que nunca, a necessidade de termos dados atualizados do setor. Essa é a melhor forma de pensar estratégias adequadas e desenvolver o ecossistema, não só nos estados, mas em toda a região Nordeste”.

Serviço:

Mapeamento Sebrae de Economia Criativa do Nordeste

Data: até 8 de outubro

Inscrições: https://impactanordeste.com.br/economiacriativa/

informações: economiacriativa@impactanordeste.com.br

Tags: Economia criativa