Políticas públicas

Gestores municipais da região de Irecê apresentam Plano de Ação de Desenvolvimento para 2021

Atividade marca o encerramento das atividades do programa Cidade Empreendedora nos municípios da região

No final do mês de outubro, gestores municipais da região de Irecê deram mais um passo na estruturação de um ambiente de negócios favorável ao desenvolvimento das pequenas empresas locais. Como encerramento das atividades do programa Cidade Empreendedora, representantes das cidades de América Dourada, Andaraí, Mucugê, Mulungu do Morro, Novo Horizonte e Paramirim apresentaram o Plano de Ação Municipal de Desenvolvimento para 2021, em evento realizado de forma online com cada município.

As reuniões contaram com a participação de prefeitos, secretários municipais, além da gerente adjunta de Ambiente de Negócios do Sebrae Bahia, Janaína Neves, do gerente regional do Sebrae em Irecê, Edirlan Souza, do gestor de projetos do Sebrae em Irecê, Mauro Viana, e dos consultores de cada eixo do programa.

Na ocasião, foram relatados os desafios enfrentados e os caminhos para a construção de propostas por eixo durante o ano de 2020. Cada gestor público também colocou suas ponderações e apresentou o Plano para 2021 com ações a curto, médio e longo prazo em todos os eixos, além do impacto esperado no desenvolvimento dos pequenos negócios locais. Também foram colocadas as propostas que envolvem parcerias com o Sebrae e outras instituições.

“Este ano tivemos o grande desafio de realizar toda interação e atendimentos aos municípios de maneira remota. Para além do trabalho realizado em 2020, o grande resultado do programa é o envolvimento dos municípios na elaboração de um plano que ultrapassa o tempo de execução do Cidade Empreendedora. Contudo, demonstra o compromisso dos municípios com a agenda dos pequenos negócios no longo prazo”, avalia Janaína Neves.

Após diagnóstico para verificar o quanto o ambiente de negócios do município era favorável ao desenvolvimento dos pequenos negócios locais, foram realizadas ações de intervenção nos eixos de compras públicas e agricultura familiar, desburocratização (Redesim e Sala do Empreendedor), educação empreendedora, gestão municipal e energia. Depois das ações implementadas através das consultorias do Sebrae, foram constatados, nos municípios, avanços significativos em todos os eixos.

"Mesmo em um ano atípico, foi muito bonito de ver os agentes públicos envolvidos na pauta do desenvolvimento local. O Cidade Empreendedora vem contribuindo significativamente com os municípios aqui na região”, afirma Edirlan Souza.

Para mais informações e conteúdos, siga o perfil @sebraebahia nas redes sociais: Instagram, Facebook, Twitter, Youtube, Linkedin, e faça parte do canal no Telegram, que pode ser acessado pelo link t.me/sebraebahia.