Competição

Estudantes empreendedores são premiados pelo Desafio Universitário

Competidores baianos disputam agora a etapa nacional, em Brasília, entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro

Da esquerda para direita: Diego Cavalcanti, Flávia Souza, Allisson Pierre e Paulo SobrinhoO estudante de Engenharia da Computação Allisson Pierre é um exemplo de que para se aventurar no empreendedorismo não tem idade. Com apenas 20 anos, ele já é bicampeão da etapa baiana do Desafio Universitário Empreendedor. Na edição de 2013, ele foi o 1º colocado na competição e, neste ano, foi o vencedor do Ranking Histórico, que considera a soma de pontos de todas as edições do jogo.

Na noite desta terça-feira, 18, Allisson, aluno da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Juazeiro, compareceu ao Bahia Othon Palace, em Salvador, para a cerimônia de premiação do Desafio Universitário Empreendedor. Além dele, outros três competidores foram premiados: Diego Cavalcanti, que estuda Administração na Faculdade Ruy Barbosa, em Salvador; Flávia Souza, aluna de Administração da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Bom Jesus da Lapa; e Paulo Sobrinho, aluno de Sistemas da Informação da FTC, em Salvador, respectivamente os 1º, 2º e 3º colocados no Ranking 2014 da competição.

“O jogo estimula o empreendedorismo e todo profissional tem que ter um lado empreendedor. A gente também faz cursos de ensino a distância (EAD) para ganhar pontos, o que nos ajuda a ter uma ideia do que é administrar uma empresa”, contou. Ele, que tem vontade de ter o seu próprio negócio, acredita que na competição foram testadas e trabalhadas características empreendedoras, como persistência, tomada de decisões, formação de preço, gestão de pessoas e contratação de funcionários. “Estou avançando na área do empreendedorismo, com esses estímulos”, completou.

Agora, Allisson e os competidores premiados integram uma equipe, representando a Bahia, para competir na etapa nacional, que acontece na sede do Sebrae Nacional, em Brasília, entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro, dia em que a equipe campeã será conhecida, em uma cerimônia presencial. Os estudantes premiados na etapa baiana ganharam um smartphone, certificado e uma viagem para Brasília para competir na etapa nacional.

Com 24 anos, Diego Cavalcanti, conta que o planejamento foi fundamental para alcançar esse resultado. Ele conheceu o jogo no final de 2013 e decidiu que jogaria o novo ciclo para vencer. “Fiz todo um planejamento para começar no início do ano e acabar agora, nesse final. Consegui chegar à pontuação máxima em mais de 90% dos jogos disponíveis”, disse. Indicado por um amigo, o estudante decidiu participar do jogo de olho nas oportunidades de mercado.

Para Flávia Souza, de 28 anos, com o Desafio, ela pôde trabalhar na prática a administração de uma empresa. “Muito da teoria que vi na faculdade, pude vivenciar na prática durante o jogo”. Assim como Diego, ela destaca o planejamento e, em especial, a administração do tempo disponível. “Foi uma grande batalha, porque tive que conciliar família, estágio e faculdade. Essa vitória eu dedico a meu filho. Um dos motivos que me incentivou a participar do jogo foi dar um exemplo para ele na área de educação”, contou.

Primeira vez participando da competição, Paulo Sobrinho, de 22 anos, destacou os cursos realizados pela plataforma EAD do Sebrae. “Aprendi bastante com os jogos e testei algumas habilidades como persistência e paciência. Os cursos também me ajudaram, principalmente aqueles mais voltados para a gestão da empresa”.

Reconhecimento

Na abertura do evento, o diretor técnico do Sebrae, Lauro Ramos, destacou a semente o empreendedorismo que está sendo plantada a partir do Desafio Universitário Empreendedor dentro das instituições de ensino superior. “Estamos convictos de que esse caminho do empreendedorismo vai consolidar o desenvolvimento do país”, explicou. Ramos destacou ainda a 3ª posição ocupada pela Bahia no ranking nacional de alunos inscritos, com mais de 3 mil participantes, atrás apenas de São Paulo (1º lugar) e Paraná (2º lugar).

Além dos estudantes, foram premiados também os professores orientadores dos alunos, aqueles que tiveram o maior número de indicações no jogo e instituições de ensino superior. Um dos premiados foi o professor da Uneb, Djalma Palma. Ele, que ensina nas áreas de gestão e contabilidade, foi o orientador de Flávia Souza. “Acredito que o jogo abra as portas do mercado e incentive o participante a ser um empreendedor. Apesar de ser virtual, o jogo conseguiu colocar em prática o que nós discutimos em sala de aula, na teoria”.

Representando a Universidade Salvador (Unifacs), a diretora da Escola de Arquitetura, Comunicação, Design & Educação, Cristiane Sarno, recebeu o prêmio de instituição com maior número de alunos inscritos no Ranking Histórico. “É muito importante estimular os alunos a participar destas ações, porque ajuda no amadurecimento, a estabelecer uma rede de relacionamento e já prepara para esse mercado do trabalho. Eu acredito que um profissional de qualquer área precisa ter esse viés de inovação, empreendedorismo e criatividade”.

Edição 2015

No evento, foi lançada a edição 2015 do Desafio Universitário Empreendedor. De acordo com Iara Barreto, coordenadora Estadual da competição, entre as novidades desse novo ciclo, está a volta do “simulador de empresas”, semelhante às edições anteriores a 2012, mas desta vez como um jogo independente da competição.

Outra novidade é que o Sebrae Nacional está com inscrições abertas, até o dia 19 de dezembro, para um concurso de desenvolvimento de jogos. “O Sebrae vai premiar os 10 melhores jogos, com prêmios de até R$ 80 mil, e estes serão disponibilizados para a plataforma do Desafio Universitário Empreendedor”, detalhou Iara. Para participar, não precisa estar inscrito na competição.

O Desafio Universitário Empreendedor é realizado pelo Sebrae. As inscrições para participar do ciclo 2015 já estão abertas e podem ser realizadas gratuitamente no site do evento.

Durante a cerimônia de premiação, os participantes também assistiram a palestra “Inovação com mídias sociais”, ministrada pelo consultor do Sebrae Nacional na área de inovação e tecnologia, Flávio Rosário.

Confira a lista de premiados no Desafio Universitário Empreendedor

- Estudantes vencedores – Etapa Estadual

Ranking Histórico
1. Allisson Pierre (Univasf) –Juazeiro

Ranking do Ciclo 2014
1. Diego Cavalcanti (Faculdade Ruy Barbosa) – Salvador
2. Flávia Souza (Uneb) – Bom Jesus da Lapa
3. Paulo Sobrinho (FTC) – Salvador

- Professores Vencedores – Etapa Estadual

1. Ary Blasquez Olmedo - Faculdade Ruy Barbosa (Professor mais indicado - Ranking do Ciclo)
2. Mário Rafael de Mello Chaves – Unifacs (Professor mais indicado - Ranking Histórico)
3. Karina de Carvalho Leite Ramos – FTC (Professora orientadora de Paulo Victor)
4. Djalma Palma da Silva – Uneb (Professor orientador de Flávia Sampaio)

- Instituições vencedoras – Etapa Estadual

1. Faculdade São Francisco de Barreiras (Maior número de alunos inscritos - Ranking do Ciclo)
2. Unifacs (Maior número de alunos inscritos - Ranking Histórico)
3. Faculdade Ruy Barbosa – instituição de aluno vencedor
4. Uneb – instituição de aluno vencedor
5. FTC Salvador – instituição de aluno vencedor
6. Univasf – instituição de aluno vencedor

Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4557 /4558 / 3444-6808 / 9222-1612 / 8263-0835
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia

Tags: Desafio Universitário Empreendedor, Empreendedorismo, Ensino, premiação