Desenvolvimento

Em encontro de prefeitos, Sebrae reforça importância dos pequenos negócios para economia local

Dirigentes da instituição participaram da abertura da 76ª Reunião da Frente Nacional de Prefeitos, em Salvador

Desburocratização, finanças públicas, descentralização de recursos, mobilidade urbana, reformas estruturantes e parcerias são alguns dos temas tratados no encontroCom 98% das empresas de todo o Brasil sendo de micro ou pequeno porte, as gestões municipais são incentivadas a aprimorar o ambiente de negócios para contribuir com o surgimento de novos empreendimentos e o fortalecimento dos já existentes. Esse movimento é um dos pontos fundamentais para geração de emprego e renda e é uma das bandeiras também defendidas pelo Sebrae na articulação junto ao poder público. 

É por isso que o presidente da instituição, Carlos Melles, e o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, marcaram presença na abertura da 76ª Reunião da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), na manhã desta terça-feira (8), no Wish Hotel da Bahia, em Salvador. A Mobilização pelo Emprego e Produtividade, iniciativa da Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, que conta com a parceria do Sebrae, também foi abordado no encontro.

Os prefeitos receberam uma cartilha com as medidas propostas pelo Governo Federal para alavancar o desenvolvimento, entre elas aspectos relacionados à desburocratização e incentivos ao empreendedorismo. O presidente do Sebrae reiterou o papel da instituição no compromisso com o desenvolvimento do país e a capacidade de atender demandas nos “quatro cantos” do país.  

"Queremos ser as ‘pernas’ que o Brasil precisa para desatar o nó do crescimento. Temos uma estrutura formidável e, sobretudo, qualificada, para contribuir com o desenvolvimento dos municípios e do Brasil", reiterou Carlos Melles

Já o superintendente Jorge Khoury destacou a importância da parceria com as prefeituras para se alcançar o crescimento econômico. Ele falou sobre o programa Cidade Empreendedora, oferecido pelo Sebrae, que trabalha o desenvolvimento local a partir de cinco eixos: educação empreendedora, gestão municipal, desburocratização, compras públicas e energia.

"No momento em que o Sebrae trabalha em parceria com as prefeituras, as ações desenvolvidas ficam nos municípios e podem ser ampliadas. Sabemos que o Brasil que todos nós precisamos passa pelos municípios", afirmou Khoury. 

Nesse contexto, o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, reforçou a necessidade de se fortalecer os pequenos negócios em prol do desenvolvimento. "A base de crescimento do Brasil nos próximos dez anos virá da pequena empresa e a pequena empresa depende de um bom ambiente de negócios nos municípios".

Debates

Finanças públicas, descentralização de recursos, mobilidade urbana, reformas estruturantes e parcerias são alguns dos temas tratados na 76ª Reunião da Frente Nacional de Prefeitos, que acontece até a próxima sexta. O Sebrae apoia o evento que reúne prefeitos de diversas cidades brasileiras. 

Conforme explicou o presidente da FNP, o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, o encontro traz a oportunidade de para a troca de experiências e o debate de ideias. “A FNP representa mais de 400 municípios com mais de 100 mil habitantes, que respondem por cerca de 60% da população e 70% do PIB. Encontramos similaridades de dificuldades e desafios e essa similaridade faz com que possamos, em nosso encontro, promover discussões”, disse

Para o prefeito de Salvador, ACM Neto, que também é vice-presidente de Relações com o Congresso na FNP, o Brasil vive um momento singular, que abre espaço para reformas estruturantes. “Em função do bom ambiente do Congresso Nacional, teremos condições de enfrentar os problemas que se arrastam há muitos anos, como a reforma tributária”, pontuou.

Presente ao evento, a secretária especial de Articulação Federativa da Presidência da República, Deborah Arôxa, também reconheceu a necessidade de buscar uma estrutura normativa mais simples e menos burocrática. “Há o alinhamento “Há o alinhamento do Congresso e uma vontade política na Presidência da República, no sentido de descentralizar e de gerar condições para alcançarmos o desenvolvimento no nosso país e nos nossos municípios", concluiu.

Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4557 /4558
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia