Exportação

Café orgânico baiano conquista mercado internacional

Produto tem boa aceitação em países como Inglaterra, EUA, Alemanha e Itália

A empresária Juli Nunes destaca a importância das capacitações para o sucesso dos negóciosHá quase 20 anos no mercado e com quatro anos como marca e conceito de café torrado, o Latitude 13 Cafés Especiais vem conquistando o paladar de quem aprecia um produto livre de agrotóxicos e de qualidade inquestionável. E esse não é um privilégio apenas dos baianos. Desde 2010, seu sabor e aroma fazem parte da rotina no Vaticano. Agora, eles querem bater um bolão na Copa do Mundo.

A boa aceitação nos mercados de cafés especiais na Inglaterra, EUA, Alemanha e Itália também se deve ao trabalho do casal de empreendedores Juli Nunes e Luca Allegro. Produzido na região de Ibicoara, na Chapada Diamantina, o café orgânico gourmet possui certificações nacionais, internacionais e segue a tendência de produção sustentável.

Durante a Copa, o Mosaico Brasil, realizado pelo Sebrae, que atende a Central de Comercialização Colaborativa, pretende colocar em evidência algumas atitudes empreendedoras originais. E o Latitude 13 Cafés Especiais, antigo Café Natura Gourmet, tem participação garantida. A ideia é disponibilizar espaços no Pelourinho e na estação rodoviária da capital, para a comercialização de produtos de empresários baianos.

“A parceria com o Sebrae foi fundamental para expandirmos o nosso negócio. E, especificamente para a Copa, para fecharmos o fornecimento de café para o hotel onde a seleção da Alemanha ficará concentrada. Outra novidade é que a nossa cafeteria móvel vai estar no estádio de Pituaçu no amistoso do dia 6 entre Croácia e Austrália”, revela a proprietária Juli Nunes.

De acordo com a empresária, a relação com o Sebrae vem sendo construída ao longo de quatro anos, o que já rendeu a participação em várias edições da Feira do Empreendedor e em Rodadas de Negócios. “Já buscamos conhecimento através do Empretec, consultorias em gestão financeira, além das soluções do Sebrae Mais. E todo esse conteúdo só nos fez crescer e ampliar nosso mercado”.

Com uma nova roupagem, a empresa adotou uma nova identidade visual e a marca leva assinatura da designer têxtil e artista plástica, Goya Lopes. Outra novidade é que a empresa Latitude 13 Cafés Especiais vem desenvolvendo junto com o Sebrae um projeto de franquias para a unidade móvel.

De acordo com a gestora do Projeto de Atendimento da Unidade Regional Salvador, Carla Martins, Juli tem o perfil de uma empreendedora nata, assumindo riscos planejados e buscando sempre por conhecimento. “Muitos empresários já empreendem, mas sem norte. A função do Sebrae é ampliar essa visão e conduzir da melhor forma para que o negócio se perpetue. O próximo passo da empresária é passar por uma entrevista para elaboração de diagnóstico de franquiabilidade da unidade móvel de café”.

No carrinho poderá ser degustada toda a Carta de Café da empresa, como o expresso, carioca, expresso com chantilly, capuccino italiano e especial, drinks gelados e café correto (com uma dose de cachaça também orgânica da Chapada). A unidade é 100% sustentável.

“Montamos ainda um centro de treinamento para os nossos clientes, showroom, tudo porque nos preocupamos com o resultado na xícara do cliente. Essa é uma ótima oportunidade para que o maior produtor de café do mundo mostre que somos referência também quando o assunto é qualidade”, afirma a sócia. Em Salvador, o café orgânico pode ser encontrado em algumas redes de delicatessen, como Perini e a Deli & Cia, além da Casa de Noca e o Empório Orgânico, na Ceasa do Rio Vermelho.

Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4557 /4558 / 3444-6808 / 9222-1612 / 8263-0835
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia

Tags: Agronegócios, Café, Empreendedorismo, Empretec